Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas encerra testagens, na UEA, para detecção da Covid-19

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) encerra, na próxima sexta-feira (31/07), a oferta de testes rápidos para Covid-19 a profissionais de saúde na Escola Superior de Ciência e Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus. A testagem segue na Escola de Enfermagem de Manaus, vinculada à Universidade Federal do Amazonas (EEM/Ufam).

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, avaliou que a desativação da unidade de testagem, na UEA, não afetará a oferta de testes rápidos para os profissionais de saúde. “Há redução de procura por exames e, também, de resultados positivos. Então, o encerramento das testagens, na UEA, não vai causar prejuízo nas testagens”, afirmou.

Houve redução de 67% na procura por exames pelos profissionais de saúde que atuam no Amazonas. A média de exames diários reduziu de 285, em abril, pico da pandemia da Covid-19 no estado, para 92 no mês de julho.

Foi detectada também redução de 65% na positividade dos testes. Em abril, a média de profissionais de saúde que testaram positivo para o novo coronavírus (SARS-CoV-2), que causa Covid-19, era de 29%. Em julho, essa média reduziu para 10%.

A desativação se dá por conta do retorno presencial das aulas na Escola Superior de Ciência e Saúde da Universidade de Estado do Amazonas, que está programado para três de agosto. Durante três meses, foram atendidos por voluntários da universidade mais de cinco mil profissionais de saúde da rede pública e privada.

Testagem – Os testes seguem sendo realizados, por agendamento, no estacionamento da Escola de Enfermagem de Manaus da Universidade Federal do Amazonas (EEM/Ufam), zona centro-sul da capital.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.