Idoso venezuelano que incendiou lotérica no Centro já tem passagem pela polícia

O venezuelano Luiz Domingos Siso, de 60 anos, principal suspeito de atear fogo em uma casa lotérica dentro do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, localizada na rua dos Barés, bairro Centro, zona Sul da capital, já possui várias passagens pela polícia por crimes similares a esse que ocorreu nesta terça-feira (16).

Em 2020, o homem foi preso após atirar pedras em uma outra casa lotérica na cidade, na ocasião, ele resistiu à abordagem policial. No mesmo ano ele também tentou atear fogo em uma loja de departamentos localizada no Centro de Manaus. Segundo testemunhas do caso na época, ele afirmava ter ganhado um prêmio no local, mas teria sido enganado, sendo essa a motivação para tentar praticar o crime.

Desta vez, as câmeras de segurança das lojas próximas à lotérica no Centro da cidade flagraram o momento exato em que o idoso pega o galão cheio de gasolina e espalha o líquido na porta do estabelecimento. Ao fazer isso, as pessoas que estão perto do local percebem o ato criminoso e tentam impedir, mas o homem consegue dar início ao incêndio enquanto vários clientes estão dentro do estabelecimento.

Veja o vídeo: 

 

Pelo menos 4 pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, situado na Av. Mario Ypiranga, na zona Centro Sul, para receberem os cuidados médicos necessários

“Se trata de um cidadão descontente que pegou um galão de gasolina e ateou fogo na entrada da lotérica, e isso impediu de quem estava no interior da lotérica de sair, ai os populares ajudaram. Quando chegamos eles tinham arrombado a porta e tirado as vítimas lá de dentro”, relata o tenente do Corpo de Bombeiros, Daniel Araújo.

De acordo com informações, o suspeito foi pego e agredido pelas pessoas que estavam no local durante o incêndio. O homem, que estava em via pública, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após a chegada do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e da Polícia Militar, que foram chamados para atender a ocorrência. O idoso segue em estado grave devido às agressões.

A equipe do Corpo de Bombeiros que foi até o local ressalta que o fogo não comprometeu a estrutura do prédio.