Hospital Universitário Getúlio Vargas vai poder contar com apoio dos Bombeiros militares

Foto: Divulgação/CBMPM

Ao menos 120 bombeiros militares do quadro de saúde do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) reforçam o atendimento da enfermaria do 6º andar do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV). Os militares atuarão no enfrentamento da Covid-19, a partir desta quarta-feira (13) conforme as ações programadas pelo Comitê de Resposta Rápida.

Dentre os bombeiros realocados, concorrerão em escalas 24 oficiais médicos, 36 oficiais enfermeiros e 60 sargentos técnicos de enfermagem, permitindo a abertura de mais 20 leitos, conforme explica o diretor de Saúde do CBMAM, major BM Janderson Lopes.

“Nossos militares foram realocados dos serviços de triagem da tenda do Hospital 28 de Agosto, da Policlínica Gilberto Mestrinho e do atendimento de resgate da Corporação. A situação atual demanda todo nosso esforço. Continuaremos a atuar em conjunto com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) e o Ministério da Saúde para abrirmos emergencialmente esses 20 leitos e ampliarmos a possibilidade de salvar mais vidas”, informou.

Ainda de acordo com Lopes, os militares do quadro de saúde estarão disponibilizados pelo período em que se fizer necessária a manutenção desses leitos.

HUGV
O subcomandante do CBMAM, coronel BM Elenildo Farias, responsável pela disponibilização do efetivo do CBMAM, esteve à frente da apresentação dos militares junto ao secretário nacional de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, coronel EB Franco Duarte.

Para o atendimento de hoje (13), a primeira equipe escalada já se apresentou para início das atividades, realizando visita técnica para conhecimento das dependências, verificação de equipamentos e demais insumos necessários para a ativação dos leitos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui