SPA do Alvorada fecha as portas após atingir capacidade máxima de internações de pacientes com Covid-19

Manaus – O Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus, fechou as portas após atingir a capacidade de atendimento, na manhã desta quinta-feira (14). O colapso aconteceu por conta de alta de internações por Covid.

O Amazonas sofre com hospitais e cemitérios lotados por conta de um novo surto da Covid-19, e vivencia um cenário pior do que na primeira onda da doença, entre abril e maio do ano passado. Com alta recorde de internações, o estado enfrenta falta de oxigênio.

Até esta quarta-feira (13), mais de 219 mil foram infectados, e mais de 5,8 mil morreram com Covid em todo o estado.

Segundo funcionários do SPA do Coroado, a unidade fechou as portas por volta de 11h. Pacientes que buscavam atendimento e transferidos de outras unidade foram impedidos de entrar e ficaram sem atendimento médico.

Um homem, que não se identificou, chegou ao local, por volta de 11h40, para tentar socorro médico urgente para a mãe, que sofre de diabetes. Eles foram transferidos do SPA da Redenção e foram surpreendidos com as portas fechadas.

“Caso gravíssimo de diabetes, médico pediu urgente pra tomar soro com insulina, senão vai morrer. Ele encaminhou pra cá só pra tomar soro com insulina, pra ver se baixa, pra tentar sobreviver”, declarou.

O vigilante da unidade informou à Rede Amazônica que o local está lotado e, por isso, a entrada de novos pacientes foi suspensa. Populares em busca de atendimento, tanto para Covid quanto Não Covid, denunciaram que não são orientados de para onde ir.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui