segunda-feira, 28, setembro, 2020
População comemora revitalização inédita do Campo do Lidam, em Manaus

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), já iniciou os serviços de revitalização do campo da Liga Desportiva do Amazonino Mendes, conhecido como Campo do Lidam, no Mutirão, zona norte da capital. A obra faz parte do pacote de ações integradas do programa “Muda Manaus” naquele bairro, que inclui ainda melhorias no Centro de Convivência da Família Teonízia Lobo e a limpeza e recuperação de ruas.

Entre as intervenções já concluídas no Campo do Lidam estão a troca de refletores, num total de 36 unidades, bem como a revisão dos quadros de energia e a demolição de duas das quatros arquibancadas do local. Estão em andamento os serviços de remoção de 40 metros de meio-fio para assentamento de novas peças e a regularização de terreno para concretagem de passeio, totalizando 100 metros quadrados de calçada.

“(O Campo do Lidam) representa a vida da nossa comunidade. A nossa comunidade está em estado de euforia pela decisão, pela nobre atitude do governador em trazer o ‘Muda Manaus’ para a nossa comunidade”, destacou o presidente da associação de moradores do bairro, Manoel Assis.

Segundo ele, o Campo do Lidam é importante não só para a vida social e o lazer de quem vive no Mutirão, mas também para a vida cultural de toda a região, especialmente no mês de junho, quando o espaço recebe o festival folclórico realizado pela comunidade.

“Nós somos o maior festival folclórico da zona norte. E o festival folclórico não é só a parte da cultura, tem a parte também da economia que gira. As pessoas vendem suas guloseimas e tiram o sustento para suas famílias. Tem a parte também do esporte para a nossa juventude. Então, o Lidam é a vida aqui, é o coração pulsante do bairro Mutirão”, frisou.

Para o presidente da Liga Desportiva do Amazonino Mendes, Manoel Nogueira, o programa “Muda Manaus” chegou em boa hora ao local, que não recebia melhorias desde a sua inauguração. Semanalmente, o campo recebe partidas da Copa das Células e da Copa Master, além do campeonato oficial da Lidam, mas a expectativa é de que as atividades sejam ampliadas a partir da conclusão das obras pelo Governo do Amazonas.

“A gente vê que a reforma veio num momento extraordinário, primordial. Começo do ano que vem a gente vai entrar no Lidam com a reforma e os campeonatos femininos, categoria de base, tudo vai funcionar dentro do Lidam. E eu só tenho a agradecer ao governador, a todas as secretarias que se empenharam nesta reforma”, afirmou Manoel.

População aprova – Vizinha do Campo do Lidam, a autônoma Lúcia Oliveira disse que são visíveis as melhorias que começaram a chegar ao Mutirão com o “Muda Manaus”. “Estou muito feliz porque isso vai ajudar muito a nossa comunidade. Nós estávamos desprezados, não teve um governo que veio aqui tomar providência, colocar a mão na massa como ele está fazendo”, comentou.

Ela também avaliou como positiva a presença do governador Wilson Lima no bairro durante os três dias de lançamento do programa, realizado no Centro de Convivência Teonízia Lobo de 5 a 7 de dezembro.

“Depois que o nosso novo governo entrou, eu já me senti muito feliz, porque ele veio aqui (no Campo do Lidam). Ele jogou bola, ele pisou na lama, aqui estava terrível. Estamos muito alegres com tudo isso que está acontecendo. Eu espero que continue, eu sei que vai continuar, porque ele é um homem de fibra, de coragem, a gente está vendo muitas obras que ele está fazendo. Para a gente, isso é espetacular”.

Moradora do bairro há 25 anos, Ana Rita contou que o Mutirão nunca tinha recebido uma atenção como essa. “Entrava governo e saía governo, só vinham fazer aquela maquiagem. Então acredito que agora vão fazer um trabalho sério. Acho muito importante essa ação que o governo está fazendo, traz melhoria em todas as áreas”, afirmou.

Centro de Convivência – Outra frente de trabalho do programa “Muda Manaus” no Mutirão é o Centro de Convivência da Família Teonízia Lobo, na rua da Penetração. Realizados por 15 reeducandos do sistema prisional, os serviços no local se concentram atualmente no lixamento, emassamento e pintura interna dos prédios; revisão e troca de instalações sanitárias e hidráulicas; troca de seis refletores da quadra; revitalização de calçamento; e troca do sistema de captação de águas pluviais da quadra – todas as calhas antigas estão sendo substituídas por peças novas. A revisão do sistema elétrico já foi concluída.

Segundo a diretora do Centro de Convivência, Anália Mota, o espaço não passava por uma revitalização completa desde 2009, quando foi entregue à comunidade depois de uma demorada reforma. Para ela, as melhorias atuais serão um motivo a mais para os moradores frequentarem o local.

“Com toda a certeza eles vão se sentir mais à vontade aqui no cento de convivência, vão se sentir mais seguros. O espaço vai estar melhorado para que eles possam frequentar e estar desenvolvendo as suas atividades. Estaremos prontos para receber a nossa equipe técnica, que estará chegando já no mês de janeiro para que possamos reiniciar as atividades com força total”, disse.

Revitalização de ruas – Os trabalhos de capinação, limpeza e remoção de entulhos das ruas do Mutirão também continuam em andamento. Com equipes compostas por 15 homens, dois caminhões basculantes e uma pá carregadeira, o trabalho de revitalização das ruas está em andamento nas ruas 49A, 49B, 31, 38, 40, 73, 77, 81, bem como nas ruas “I” e Itacte.

“Nós vamos levar esse trabalho a todas as ruas do bairro do Mutirão, seguindo determinação do governador Wilson Lima, que pretende propagar essa programação, o ‘Muda Manaus’, por todas zonas da cidade”, reforçou o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

Balanço de ações – Realizado de 5 a 7 de dezembro, no Centro de Convivência da Família Teonízia Lobo e demais áreas do Mutirão, o programa “Muda Manaus” mobilizou 849 servidores de 25 órgãos da administração estadual, que conseguiram atender um total de 23.742 pessoas apenas com as ações e serviços oferecidos nos três dias de evento.

Um dos serviços mais procurados foi o de emissão de primeira e segunda vias de RG e segunda via de certidão de nascimento. Ao todo, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) emitiu 2.105 documentos nos dias do evento e na semana seguinte, reforçando o compromisso do programa com a redução da vulnerabilidade social.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.