terça-feira, 27, outubro, 2020
UGPE e Suhab realizam alinhamento estratégico das ações e metas de reassentamentos do Prosamim 3

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A subcoordenadora setorial de Projetos Sociais da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Viviane Dutra, recebeu, nesta sexta-feira (02), o diretor-presidente da Superintendência Estadual de Habitação do Amazonas (Suhab), João Coelho Braga, na sede da UGPE, localizada no Centro da capital.

A reunião teve como pauta o alinhamento das ações e metas dos reassentamentos previstos na terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). A Suhab é a responsável pelos processos administrativos dos reassentamentos realizados pelo programa e a UGPE realiza as ações de apoio desses processos no intuito de uma maior celeridade nos reassentamentos e na mitigação dos impactos ocasionados durante o processo de desapropriação.

A UGPE realiza o levantamento, atua nos cadastros dos moradores, nas áreas de intervenção do Prosamim, auxilia na organização dos documentos das famílias e no atendimento em geral, enquanto a Suhab avalia os imóveis e realiza os pagamentos das soluções de moradias previstas pelo programa.

Atualmente, o Prosamim vem realizando reassentamentos no igarapé do 40, de onde serão retiradas mais de seis mil pessoas, e no igarapé Mestre Chico serão reassentadas mais de 600 pessoas. Os reassentamentos do igarapé do 40 já alcançaram 68% e os do Mestre Chico já alcançaram o percentual de 90% de desapropriações.

“Essa aproximação com a UGPE é de extrema importância e a Suhab vai atuar no que for necessário, pois o Prosamim é muito importante para milhares de famílias e para o Governo do Estado”, afirmou o diretor-presidente da Suhab.

Monitoramento das áreas – O Social do Prosamim atua diariamente no monitoramento das áreas de intervenção, com o intuito de evitar reocupações dos imóveis que já foram indenizados e desocupados pelas famílias.

“Os alinhamentos dessas ações e metas são necessários para que nós possamos concluir as metas, nesta fase final do verão, para que possamos executar as obras, e também evitarmos as reocupações em áreas que já foram indenizadas pelo Governo do Estado”, destacou Viviane Dutra.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.