Brasil ultrapassa 7,5 milhões de casos de Covid-19 e média móvel de mortes chega a 611

Brasil

Pelo quinto dia consecutivo, a média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil registrou queda. Nesta segunda-feira (28/12), a taxa chegou a 611. No comparativo com o registrado há 14 dias, houve um recuo de 7% – o que indica estabilidade.

Devido ao tempo de incubação do novo coronavírus, adotou-se a recomendação de especialistas para que a média móvel do dia seja comparada à de duas semanas atrás. Variações na quantidade de mortes ou de casos de até 15% para mais ou para menos não são significativas em relação à evolução da pandemia. Já percentuais acima ou abaixo devem ser encarados como tendência de crescimento ou de queda.

Em números absolutos, o país registrou 431 óbitos em decorrência da Covid-19 e 20.548 novas infecções de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

No total, o Brasil já perdeu 191.570 vidas para a Covid-19 e computou 7.504.833 casos de infecção.

Nesse ínterim, Manaus passa por um novo pico da epidemia, hospitais da rede privada anunciaram que seus leitos destinados a pacientes com covid-19 estão ocupados 100%.

Ainda nesta segunda-feira (28), o SES-AM como meio de melhorar o fluxo de pacientes com problemas respiratórios que foi um recurso utilizado no pico da pandemia, tendas externas de triagem.

As tendas de triagem voltam a funcionar nos Hospitais e Prontos-Socorros (HPS) 28 de Agosto e Platão Araújo a partir desta semana.

A estratégia foi bem sucedida durante o pico da pandemia no estado e, por isso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) está se antecipando na instalação da estrutura, para futuras necessidades.

Foto: Estadão Conteúdo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui