Falsa advogada é presa ao tentar defender homem de furto

Brasil- Uma mulher identificada como Ivana Serra Félix,  foi presa nesta terça-feira (29), após tentar defender um cliente de furto ao se passar por advogada.

A mulher que se dizia ser advogada, acabou admitindo a farsa após ter sua carteira da OAB solicitada pelo policial que atendeu o caso na delegacia.

O caso aconteceu em uma delegacia do Rio de Janeiro, Ivana que havia assinado um contrato com honorários no valor de R$ 1.567,50, alegou que havia esquecido a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em casa, mas depois afirmou que nem chegou a finalizar o curso de direito e foi presa em flagrante.

A falsa advogada foi acusada pela tentativa de estelionato e falsidade ideológica.

De acordo com o delegado Felipe Santoro, titular da 13ª DP (Ipanema), ao receber a intimação pra depor, o homem contactou Ivana, a quem conhece há mais de 15 anos e sabia ser advogada.

Ela então preparou o contrato de serviços advocatícios, que foi assinado por ambos. Ao chegar na distrital e ter a carteira cobrada pelo policial responsável pela investigação do furto, a moça disse que esquecera o documento em casa e que o mesmo seria trazido por uma amiga.

Três horas depois, Ivana assumiu não ter inscrição na OAB e ter cursado somente dois períodos da faculdade em uma instituição particular em Copacabana.

Em buscas nos sistemas, foram localizados três CPFs no nome da suposta advogada. Ela tem anotações criminais por furto, apropriação indébita e estelionato. Aos agentes, o cliente disse ter se sentido lesado e afirmou querer representar criminalmente contra ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui