quarta-feira, 28, outubro, 2020
Mesmo sem reagir, sargento do Exército é morta a tiros durante tentativa de assalto

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Rio de Janeiro – No último domingo (30), a sargento Bruna Carla Borralho Cavalcante de Araújo, de 27 anos, morreu após ser baleada durante uma tentativa de assalto na avenida Presidente Kennedy, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Bruna voltava da praia com o marido, a irmã e dois sobrinhos quando foi surpreendida por um criminoso ao parar o veículo para fazer um conserto.

Segundo o marido de Bruna, a família estava fora do carro quando ouviu a vítima gritar. Em seguida, eles escutaram os disparos. A sargento não reagiu à abordagem, mas foi baleada.

Ela foi socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Pilar, mas já chegou ao local sem vida.

Bruna era enfermeira e lotada no 21º PQDT (Brigada de Infantaria Paraquedista). Segundo a irmã, Bruna era a única mulher no setor em que trabalhava e o orgulho da família.

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.