Noiva pede que cantora alise cabelo para “ficar melhor” nas fotos docasamento

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A cantora de Brasília Lais Raquel, viveu um episódio lamentável de racismo nas redes sociais. Um possível cliente entrou em contato com a artista querendo contratar seus serviços, mas tinha uma condição: Lais tinha que alisar o cabelo.

A possível contratante pediu uma foto de Laís em algum casamento e, ao receber a imagem, perguntou: “Você costuma cantar com o cabelo assim mesmo?” A cantora respondeu que sim. Foi quando recebeu a proposta: “Se você for cantar no meu casamento, poderia alisar o cabelo? Eu amei sua voz e queria muito que cantasse, mas só esse detalhe para ficar melhor nas fotos do casamento”.

A cantora não aceitou e respondeu para a possível cliente que não entendia a proposta: “Se você quer uma cantora desse perfil no seu casamento existem várias. Agora, se você gostou da minha voz, essa sou eu”.

A delegada Ângela Maria dos Santos, responsável pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) explica que a discriminação sofrida por Lais Raquel é um clássico caso de racismo estrutural.

“Ela não falou diretamente que não contrataria, ela falou: ‘Você não usaria de outra forma?’ Ela não falou que o cabelo é feio, ela disse seu cabelo é lindo, mas gostaria que fosse liso porque fica melhor nas fotos. Então está, de uma forma muito sutil, em uma linha muito tênue. É, sim, uma forma de racismo, mas é aquele racismo estrutural, a pessoa não teve dolo de ofender. Mas ela já tem aquilo dentro dela, que ela prefere um cabelo liso nas fotos do casamento dela. Tanto é que ela pergunta: ‘Você usaria?’ Não teve uma ofensa direta. Então, isso a gente chama de racismo estrutural”.

Lais Raquel não registrou boletim de ocorrência, por isso a polícia não investiga o caso. A cantora disse que bloqueou a noiva e elas não têm mais contato.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.