Desaparecido há mais de um mês, piloto é resgatado com vida no igarapé Puxuri

Foto: Divulgação

O piloto Antônio Sena que desapareceu em 28 de janeiro, na região de Almeirim, oeste do Pará, foi foi encontrado com vida neste sábado (6). Toninho, como é conhecido pelos mais íntimos, completou 36 anos dois após ter desaparecido, e passou 36 dias perdido. Ele foi resgatado após fazer contato com um grupo de coletores de castanha.

Um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) seguiu para uma área de vegetação, onde Toninho foi encontrado. O piloto após uma decolagem no município de Alenquer.

Toninho apresentava escoriações, aparência debilitada, e perdeu bastante peso, de acordo com relatos do grupo de resgate e dos coletores de castanha. Familiares também acompanharam as ações em busca do homem.

Os primeiros contatos com o piloto ocorreram nessa sexta-feira (5) em uma área de densa mata em Almeirim, e de de difícil acesso. Devido o igarapé Puxuri, foi preciso transportá-lo de canoa para facilitar o resgate pelo helicóptero.

Desde o dia 30 de janeiro, aniversário do piloto, a FAB e policiais civis e militares realizaram buscas pelo homem, sem sucesso. A primeira pessoa que foi informada do paradeiro dele foi a mãe, Rolene Sena, que mora em Brasília, no Distrito Federal.

“O seu filho Toninho pediu para avisar que ele está vivo”, informaram na ligação. A notícia foi repassada para os irmãos dele, que mobilizaram as equipes de busca para o resgate do piloto.