terça-feira, 29, setembro, 2020
Saiba a verdade sobre cães que seriam “sacrificados” no estacionamento Atacadão

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Manaus – Circulou nas redes sociais e nos grupos de animais de Manaus, o vídeo de um homem amarrando e colocando dois cães na carroceria de um carro no estacionamento do supermercado Atacadão da Cidade Nova, Zona Norte da capital. A publicação dizia que os cachorros seriam sacrificados.

Após a grande repercussão que o vídeo tomou, nesta sexta-feira (19), o homem que amarrou os cães, na verdade estava fazendo o resgate improvisado dos animais e conseguiu o carro para que fossem transportados até a casa da mãe do homem onde os cachorros estão agora.

“Eu não tinha a transportadora específica de animais e tentei deixar os cachorros mais seguros possíveis na carroceria, apesar de amarra-lós, não apertei a amarração, era somente para não caírem do carro e se machucarem, foi a única forma de tira-los do ambiente do estacionamento onde circulam muitos carros, no qual poderiam se machucar ou serem atropelados”, diz a nota de esclarecimento divulgada pelo homem.

Ainda nesta sexta, a deputada Estadual Joana Darc, assim que tomou o conhecimento dos fatos, procurou o homem e a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema).

A parlamentar foi até a residência do homem e verificou que os animais estão bem e disponíveis para doação. No facebook, Joana diz que que o único culpado é o supermercado que foi notificado, e tem histórico de maus-tratos.

“O estabelecimento jamais poderia ter “se livrado” deles de qualquer jeito, e o mais grave: permitir eles serem transportados daquela forma e ainda ajudarem. Isso é maus-tratos! O único culpado nessa história é o estabelecimento Atacadão e vamos provar isso, pois as investigações só começaram. Teremos outros desdobramentos em breve sobre o caso. Certo está quem denunciou, quem apurou a denúncia, quem não se calou e até o senhor inocente na história o qual jogaram a responsabilidade para ele”, comenta.

Caso Manchinha

O Atacadão faz parte da rede Carrefour, onde em 2018 o “Caso Manchinha” repercutiu nacionalmente e internacionalmente. Na ocasião, uma cadelinha foi assassinada em uma unidade do estabelecimento em Osasco, São Paulo.

Veja o vídeo do esclarecimento

Visita da deputada na casa do homem acusado de maus-tratos

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.