sexta-feira, 30, outubro, 2020
TBT: Gedeão Amorim é condenado pela Justiça por desviar R$ 1,6 milhão do Fundeb

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Manaus – No TBT desta quinta-feira (8 ), o Portal da Capital lembra a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), em que o atual vereador Gedeão Amorim, foi condenado a sete anos de prisão por desviar a bagatela de R$ 1,6 milhão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para contratação de serviços de transporte escolar nos municípios de Iranduba e Manacapuru.

Na época, Gedeão era secretario de Educação do Estado. De acordo com o MPF o desvio ocorreu durante o processo de contratação da empresa, que aconteceu por meio de dispensa de licitação. Somente entre os meses de fevereiro e maio de 2012 o atual vereador repassou um total de R$ 1.619.480,00.

O valor logo chamou atenção dos órgãos de fiscalização, pois a população dos municípios é pequena demais para a quantidade de dinheiro repassado para à empresa contratada.

Foi então que em abril de 2012, a justiça do Amazonas condenou Gedeão Amorim a sete anos e sete meses de prisão em regime semiaberto e ao pagamento da multa no valor de R$ 37. 248,04. O vereador recorreu e seguiu em liberdade.

Outro secretário de Educação do Amazonas, também foi alvo do MPF, Rossieli Soares da Silva responde pelo mesmo crime na contratação de serviços de transporte em sete municípios do Estado, entre os anos de 2013 e 2015.

Querendo reeleição

Aora ele busca se reeleger como vereador na Câmara Municipal de Manaus.

Leia também: https://portaldacapitalam.com.br/destaques/mirtes-sales-surge-quatro-anos-depois-e-vira-peixeira-para-conquistar-seus-eleitores-el/

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.