sexta-feira, 30, outubro, 2020
Rio: Mulheres protagonizam barraco em bar e vídeo viraliza nas redes; assista

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Do O Liberal

Um vídeo que mostra uma confusão no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro, viralizou no sábado (26) nas redes sociais. A filmagem mostra uma briga entre frequentadores de um bar e mulheres que passavam em um carro conversível.

Copos começam a ser arremessados contra as pessoas que estavam no carro de luxo. Logo em seguida, uma delas desce do veículo e agride outra que estava na cadeira do bar, que aparentemente, teria arremessado os itens. Então um homem que estava no bar vai em direção ao carro e arranca a parte de cima do biquíni da mulher. Relembre:

Pelas redes sociais Priscilla Dornelles, uma das que estavam no carro, falou sobre o caso. Ela, a amiga, identificada como Scheila e o dono do carro, Wilton Vacari, estavam passeando após curtirem uma “festa na lancha”. “Resolvemos dar uma volta pra curtir”, disse ela, pelos stories do Instagram.

Então o carro ficou parado no trânsito da Rua Dias Ferreira, no Leblon. Aline Araújo, que se identifica nas redes sociais como arquiteta, estava na mesa do bar e se incomodou com o que ocorria no veículo conversível. “Os três estavam fazendo preliminares, não era só beijo na boca não, era de biquíni, aparecendo tudo que a gente pode imaginar de um filme pornô”, disse ela em um vídeo postado no Instagram, que depois foi apagado.

Foi então que ela arremessou o copo de água no carro. “Fui agredida verbalmente antes do vídeo começar”, disse Scheila. “Já sabia exatamente quem era”. Aline afirmou que “toda a rua estava incomodada, gritando, querendo que aquele carro saísse”.

Incomodada com o objeto arremessado, Scheila desceu do carro e deu socos em Aline. “Quando eu pulei do carro ela gritou: ‘vem, vem!”. Não tenho sangue de barata, me defendi assim como defenderia a minha amiga ou meu amigo. Eu estava na minha, curtindo”, garante. ​

Aline afirmou ainda que Scheila e Priscilla eram “moças da vida” e que estavam “sendo pagas para fazer aquilo”. “Eu acho que difamação é um crime muito sério”, disse Priscilla pelos stories. “Só pra avisar que vai pegar processo sim, querida. Nós não estávamos fazendo nada demais”.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.