quinta-feira, 29, outubro, 2020
Amazonense que teria viajado para se ‘prostituir’ é encontrada morta em Gramado
A mulher foi encontrada deitada de bruços em sua cama e vestia apenas roupas íntimas. No chão do quarto, os policiais encontraram um travesseiro sujo de maquiagem e batom na cor que a vitima usava

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Gramado – Na última quinta-feira (24), uma mulher identificada como Deyna Chayena Nunes da Silva, 29 anos, foi encontrada morta após um encontro em um apartamento no centro de da cidade. De acordo com a Polícia Civil, Deyna teria sido vítima de um latrocínio, que é o roubo seguido de morte, isso porque o celular e o dinheiro da amazonense não foram encontrados com ela.

Médicos peritos foram solicitados para examinar a causa da morte e se a mulher teria sofrido agressão sexual antes de sua morte. Conforme informações, a amazonense era garota de programa.

Segundo o registro policial, a vítima marcou um encontro com um homem até o momento não identificado, em seu apartamento por volta das 20h. Deyna ainda chegou a enviar mensagens para uma amiga relatando que ele era estranho e tinha “uma cara de malandro”.

Após pouco mais de meia hora depois, a vítima parou de responder as mensagens. As amigas decidiram ir até o apartamento, que estava trancado. Elas só conseguiram abrir a porta às 23h35min, quando Deyna foi encontrada morta.

A mulher foi encontrada deitada de bruços em sua cama e vestia apenas roupas íntimas. No chão do quarto, os policiais encontraram um travesseiro sujo de maquiagem e batom na cor que a vitima usava. A hipótese é que o travesseiro possa ter sido utilizado para asfixiar a vítima.

Matheus Medina, da redação

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.