quarta-feira, 23, setembro, 2020
Manaus tem queda histórica no número de homicídios

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Manaus – A capital do Amazonas teve uma queda histórica no número homicídios dolosos para um único mês, em abril deste ano, conforme os dados mais recentes do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp). Outros indicadores de criminalidade também apresentaram forte redução, como é o caso de estupros e roubos.

No mês passado, foram 35 homicídios, a menor quantidade em mais de uma década, considerando os registros de janeiro de 2008 a abril de 2020. Esta foi a terceira queda consecutiva nos dados de homicídios dolosos na capital amazonense neste ano, e uma redução quase pela metade (46%) em relação a abril de 2019, quando foram registrados 65 crimes deste tipo. No mês de março, a redução já havia sido de 17,5%, na comparação com março do ano passado.

Além dos homicídios, a capital do Amazonas também apresentou redução em uma série de outros indicadores de criminalidade no comparativo entre os meses de abril de 2019 e 2020. Considerando os principais indicadores, houve queda em praticamente todos, como latrocínio (-33%), tentativa de homicídio (-55%), furto (-37%) e roubo (-40%).

Estupro – Ao longo deste ano, Manaus registrou 31% menos casos de estupro, em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 187 casos neste ano, contra 271 no primeiro quadrimestre de 2019.

Somente em abril, a queda foi de 64,3%, com 25 casos notificados, contra 70 de abril de 2019. Para a delegada Ivone Azevedo, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), entre os fatores que causaram a queda nos números estão as campanhas de conscientização.

“Muitas vezes as vítimas não entendem e não têm noção do que pode ser feito para ajudá-las dentro do ambiente doméstico. A orientação vale muito para quem está naquele círculo vicioso de um crime”, disse.

A Unidade Operacional Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), que atua em Manaus como mecanismo de defesa no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, atendeu somente uma ocorrência deste tipo no ano.

A tenente Adriane Oliveira, responsável pela Unidade, também atribui o balanço à informação. “Muitos homens e mulheres ainda têm dúvidas sobre o que realmente caracteriza o crime de estupro. Contudo, o conhecimento tem sido levado à população, e isso faz com que os estupradores se recolham”, afirmou.

Denúncias – Coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), as forças de Segurança do Estado seguem trabalhando firme para proteger a população mesmo em meio à pandemia, com ações tanto de conscientização, para que a população evite aglomerações, quanto ostensivas e investigativas.

Quem tiver informações que ajudem no trabalho das Polícias Civil e Militar pode ligar, de forma sigilosa, para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O telefone do Ronda Maria da Penha é o 98842-2258.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.