quinta-feira, 24, setembro, 2020
Sari manda abrirem delegacia mais cedo para não ser vista durante depoimento

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Tamandaré – A primeira-dama da cidade de Tamandaré, Sari Corte Real, prestou depoimento nesta segunda-feira (29) na delegacia de Santo Amaro, sobre a morte do menino Miguel de apenas 5 anos que ficou aos cuidados dela enquanto a mãe da criança passeava com os cachorros.

A delegacia que normalmente abre às 8h, especialmente hoje abriu mais cedo, para receber Sari que chegou por volta das 5h50 para que não fosse vista.

Segundo a Polícia Civil, a antecipação foi a pedido dos advogados, por questões de segurança. “Considerando os argumentos relativos à possibilidade de aglomeração de pessoas e o risco de agressão à depoente por parte de populares, o delegado deferiu o requerimento”, diz a polícia em nota, ressaltando que não há prejuízo à investigação.

Sari saiu do local sem falar com a imprensa e populares que se aglomeravam na frente da delegacia gritavam chamando a mulher de “assassina”. Os manifestantes tentaram impedir a saída da viatura do local.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.