Coronel Menezes perde ação na Justiça e é obrigado a retirar vídeo em que acusa Omar Aziz

Foto: Divulgação

MANAUS – A Justiça do Amazonas determinou que o ex-superintendente da Suframa Coronel Menezes (Patriota) retire das suas redes sociais um vídeo que faz acusações contra o senador Omar Aziz (PSD).

Menezes é um dos maiores apoiadores político do presidente Jair Bolsonaro no Amazonas e deve disputar com o Omar a vaga no Senado nas próximas eleições.

A liminar foi concedida pela juíza plantonista cível Kathleen dos Santos Gomes e, caso a publicação, não seja retirada em 24 horas após a citação, Menezes pagará multa diária de R$ 10 mil, limitada a R$ 50 mil.