Ele é um dos grandes profissionais da saúde masculina que chega ao coração da Amazônia para oferecer um atendimento diferenciado na saúde do homem

Da nova safra de médicos de SP e que agora atuará em Manaus, o doutor Dr Amin Estevão (@dr.aminestevao) é Urologista membro do Departamento de Cirurgia Peniana da ABEMMS, colaborador do Serviço de Andrologia do HSPE-IAMSPE, possui pós-graduação em Reprodução Humana Assistida no Instituto Sapientiae e foi Fellow de Andrologia no HSPE-IAMSPE .

Apagão na hora H?

Você já ouviu falar do monstro que assombra os homens de todas as idades? Sim, ele mesmo: o temido “apagão” na hora H! Mas calma, meus caros, estamos aqui para esclarecer essa doença e espantar esse fantasma de uma vez por todas.

A disfunção erétil é uma doença que acomete diversos de homens ao redor do mundo, estima-se que 150 milhões de homens sejam afetados ao redor do mundo, sendo as faixas etárias mais acometidas os homens entre 40 e 70 anos de idade. No entanto engana-se quem pensa que essa doença só acomete os quarentões.

Muitos jovens também se queixam desse problema, e para explicar isso dividimos a disfunção erétil em 3 grupos de acordo com sua causa: Psicogênica, Orgânica e Mista.
As causas psicogencias são as que associadas aos momentos de tensão, ansiedade, estresse, basicamente relacionado a mente humana, essas acometem a maioria dos jovens que se queixam de perda ou dificuldade na ereção . Já as orgânicas se correlacionam com doenças,hábitos ou procedimentos cirúrgicos como: Pressão alta, diabetes, tabagismo , cirugia para o câncer de próstata dentre outras . A mista seria um combinado de componentes psicogênicos com a orgânicos.

Mas Dr existe uma forma de prevenir ou melhorar a potência? Já te afirmo que SIM!
Dieta equilibrada e exercício físico são suas armas secretas para aumentar a autoconfiança e melhorar o desempenho sexual.

Controlar as doenças de base e realizar exames é importantíssimo, muitas vezes a baixa de testosterona vai estar relacionado com o quadro.

Agora, para os que precisam de um reforço extra, temos alguns tratamentos como medicamentos orais que facilitam a ereção, terapias de onda de choque e psicoterapia. Caso o campeão ainda não acorde, é possível otimizar com terapia de injeção intracavernosa e até próteses penianas para aqueles casos mais complexos.

Não deixe que a disfunção erétil seja um obstáculo entre você e uma vida íntima gratificante. Com conhecimento, compromisso e tratamento adequado, é possível enfrentar esse desafio de cabeça erguida. Então, não permita que o medo ou a vergonha o impeçam de buscar ajuda. Ao enfrentar o problema de frente, você pode recuperar não apenas a saúde sexual, mas também a confiança e a satisfação em todos os aspectos da vida.