terça-feira, 27, outubro, 2020
Programa Saúde Amazonas deve reduzir hospitalizações na FCecon

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Assinado nesta quarta-feira (07/10), o convênio entre o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) deverá reduzir em 28% o número de pacientes hospitalizados na unidade de tratamento oncológico. A redução é fruto de uma das ações do Programa Saúde Amazonas, lançado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) com o objetivo de reestruturar e otimizar a rede de assistência no Amazonas.

Com a chegada da nova equipe do CBMAM, o atendimento poderá ir além das instalações da unidade hospitalar. Atualmente, estima-se que cerca de 60% a 70% dos pacientes que chegam até a unidade já se encontram em fase avançada do câncer, gerando uma demanda reprimida para a assistência em cuidados paliativos, quando não há mais terapêutica para cura clínica.

De acordo com o diretor-presidente da FCecon, Dr. Gerson Mourão, serão designados cinco clínicos gerais que irão reforçar os atendimentos do Serviço de Terapia da Dor e Cuidados Paliativos (STDCP), que hoje já atende cerca de 122 pacientes. Com o reforço, será possibilitada a desospitalização de 38 pacientes que hoje estão internados na FCecon.

O convênio também possibilitará melhorar a assistência dada a esses pacientes, diminuindo o intervalo entre as visitas para o atendimento domiciliar. A expectativa é de que as visitas, hoje feitas mensalmente, possam ser realizadas uma vez por semana.

“É mais um avanço que a gente dá no atendimento à pessoa com câncer aqui, no estado do Amazonas, é um reforço para a Fcecon que é um hospital de referência ao tratamento do câncer. Esses bombeiros já participaram do curso de formação, são aqueles que foram convocados no ano passado, participaram da primeira missão deles que foi a do combate à Covid e hoje, estão sendo convocados para uma outra missão, que é ajudar os profissionais aqui da Fundação Cecon”, avaliou o governador do Amazonas, Wilson Lima, durante a cerimônia de assinatura do convênio.

Economia – Além de agilizar e humanizar o atendimento a pacientes com câncer, a parceria firmada entre o CBMAM e a FCecon por meio do Programa Saúde Amazonas também resultará na redução de gastos para os cofres públicos.

Um dos setores que deve ser beneficiado é o serviço de Ortopedia Oncológica, que há cinco anos dispõe apenas de um profissional, obrigando a contratação de empresa terceirizada para suprir a necessidade de diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes adultos e pediátricos com tumores ósseos e de partes moles musculares.

A chegada de um ortopedista cedido pelo Corpo de Bombeiros significa a manutenção desse atendimento para a população, mas sem a necessidade de terceirização, resultando em economia para o Estado.

Segundo Gerson Mourão, além disso, será possível ampliar a quantidade de cirurgias feitas, suprindo a necessidade de outros procedimentos como quimioterapia e radioterapia e realizar uma economia de aproximadamente R$ 20 milhões por ano.

“Com a vinda dos bombeiros pra cá, o nosso centro cirúrgico vai conseguir, ao invés de funcionar com uma sala, vão funcionar quatro. Então, nós vamos aumentar a oferta dessas cirurgias, que vão gerar economia para o país e evitar morte, que é o mais importante”, explica.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.