terça-feira, 29, setembro, 2020
Uso de máscara para exercícios físicos gera polêmica; OMS não recomenda

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Brasil – Em publicação em seu site oficial, a Organização Mundial da Saúde (OMS) explica que não é recomendado o uso do item de proteção nessas situações.

Além de tornar a respiração mais desconfortável, o suor pode molhar a máscara, deixando-a mais pesada, dificultando, ainda mais, a captação de ar e promovendo o crescimento de vírus e bactérias. A entidade sugere que o esportista se mantenha a pelo menos 1 metro de distância de outras pessoas.

Porém, algumas simulações mostram que pessoas contaminadas espalham o coronavírus durante o exercício físico, já que a respiração é mais frequente e, muitas vezes, usa-se a boca para exalar o ar.

Informações desencontradas

Enquanto a OMS não recomenda o uso, no Brasil, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), em contrapartida, diz que o uso do equipamento é essencial em exercícios físicos.

Para dar fim à polêmica, o médico Drauzio Varella sugere, em seu site, que não se faça exercício ao ar livre ainda: “Estamos na pior fase da epidemia e, por isso, nós temos que tentar ficar em casa. Não tem sentido todo mundo achar que pode ir para a rua, acabar o isolamento”, diz.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

redacao@portaldacapitalam.com.br

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.