STJ derruba liminar e Sérgio Camargo poderá assumir Fundação Palmares

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Do Carta Capital

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou a liminar que suspendia a nomeação do jornalista Sérgio Camargo para a presidência da Fundação Palmares. O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, acatou pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) sobre uma decisão da Justiça Federal do Ceará que suspendeu a nomeação de Camargo.

Militante de direita e autodeclarado “contrário ao vitimismo e ao politicamente correto”, Sérgio Camargo comemorou a decisão em suas redes sociais. “Caiu a liminar que me afastou da presidência da Fundação Cultural Palmares. Serei reconduzido ao cargo. Grande dia!”, escreveu no Twitter.

A recondução do jornalista à presidência, no entanto, vai depender da nova secretária especial da Cultura, Regina Duarte, que assumiu o cargo no lugar de Roberto Alvim. A atriz deve dar a palavra final sobre a permanência de Camargo na função, já que ele foi indicado pelo ex-secretário, demitido após a divulgação de um vídeo em que copiou trechos de discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda na Alemanha Nazista.

Leia Também

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com