quarta-feira, 28, outubro, 2020
Sejusc entrega 30 cadeiras de rodas, no Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) entregou 30 cadeiras de rodas para crianças com deficiência nesta segunda-feira (21/09). As famílias contempladas haviam feito o cadastro no Núcleo da Pessoa com Deficiência (PcD) para receber o equipamento pelo Governo do Estado.

A entrega ocorreu no Núcleo PcD da Sejusc, localizado na rua Salvador, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus. As cadeiras são do tipo posturais e universais feitas sob medida.

O secretário William Abreu, titular da Sejusc, afirmou que novas doações de cadeiras de rodas estão programadas para acontecer nos próximos meses. Ele destaca o compromisso do Governo do Estado e da Sejusc em garantir mais dignidade ao público PcD.

De acordo com a secretária executiva da Pessoa com Deficiência, Lêda Maia, as cadeiras vão trazer mais comodidade tanto para as crianças quanto para os pais. Alguns, inclusive, aguardavam uma cadeira de rodas há mais de um ano.

“Essas cadeiras vão beneficiar não só as crianças que vão fazer uso para conseguir uma atividade, como sair da cama, mas também vão beneficiar os pais porque a criança cresce e fica difícil para os pais carregarem. As cadeiras posturais estão sendo entregues para a criança que não tem o controle do tronco, então ela não consegue ficar sentada de um jeito normal. A cadeira a ajuda a ter esse movimento”, afirmou.

A deputada estadual, Joana D’Arc, destacou a importância da doação na data que celebra o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. “Eu avalio de forma positiva. O caminho é esse.

A secretaria está fazendo um trabalho de destravamento dessa fila de pessoas que precisam da cadeira de rodas e eu estou feliz de saber que, não só hoje mas, antes e futuramente, tantas outras cadeiras serão entregues para quem realmente precisa. O que eu posso dizer é que estarei destinando recursos para que a gente possa adquirir ainda mais cadeiras posturais, simples e de banho para estar atendendo essas famílias que tanto precisam”.

A dona de casa Diana Braga, mãe da pequena Geovanna, de 4 anos, contou que a filha foi diagnosticada com paralisia cerebral com apenas três meses de vida. Ela agradeceu o auxílio dado pela Sejusc.

“Vai ajudar principalmente na mobilidade, e a mobilidade para as crianças com paralisia cerebral é muito importante porque uma cadeira que não é apropriada prejudica na questão postural e isso já vai trazer uma eficácia melhor para a postura dela”.

Leia Também

Siga nossas mídias sociais

(92) 99514-1517

Portal da Capital Am

Informação com Credibilidade

Copyright © Todos os direitos reservados.