TBT: candidato a vereador Fabrício Lima desviou milhões da Arena da Amazônia e recebeu propina

Manaus – No Tbt desta quinta-feira (5), o Portal da Capital lembra dois casos polêmicos envolvendo o nome do candidato a vereador em Manaus Fabrício Lima que já foi  Secretário da Sejel. O primeiro caso trata-se do suposto desvio de verba dos jogos realizados na Arena da Amazônia e também o possível recebimento de propina por parte do candidato.

No ano de 2017, Lima representava a pasta de Esportes no Governo do Amazonas e foi investigado pelo Ministério Público Estadual (MPE-AM), suspeito de desviar dinheiro dos jogos realizados na arena da Amazônia. O assunto foi comentando na época.

Mas não para por aí, em 2013, o candidato foi filmado recebendo grande quantia em dinheiro do diretor financeiro da Câmara Municipal (CMM), na época Áureo Silva, e colocando o pacote nos bolsos do terno e calça. Bem parecido com o famoso mensalão do DEM e PT que até dinheiro na cueca teve. Não se pode afirmar que o dinheiro era de propina ou de origem e ilegal, porém foi bastante curioso um parlamentar receber recurso em espécie desta maneira.

veja 

 

Nas eleições em 2020, o ex-secretário da Sejel está apostando no esporte e nas redes sociais para conquistar uma vaga como vereador na CMM. Lima já ocupou uma cadeira no legislativo municipal em 2003.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui